Atualizado:

superalimentos
Physalis, camu camu e spirulina: 3 superalimentos ricos em nutrientes para o nosso organismo. Imagens: Shutterstock

Já ouviu falar em superalimentos? O termo surgiu com o livro “Superalimentos: Os incríveis efeitos de uma comida que pode mudar a sua vida” do Dr Steven Pratt, em 2004. Nele, o médico apresentou 14 alimentos que mudariam a vida de quem os consumisse.

 

Ricos em vitaminas, minerais e nutrientes, os superalimentos são classificados dessa forma pela grande capacidade de aumentar a nossa longevidade e trazer benefícios para a nossa saúde. Com uma densidade nutricional gigante, eles possuem muitas vitaminas, minerais, aminoácidos, enzimas digestivas, fitoquímicos, compostos antioxidantes e anti-inflamatórios… tudo para melhorar a nossa imunidade, disposição e bem-estar. Além disso, devem estar disponíveis para o consumo e seus benefícios, comprovados cientificamente.

 

Nos últimos anos, os superalimentos ganharam maior destaque pelo aumento do interesse em um estilo de vida mais saudável.

Chia, lentilha, açaí, goji berry são alguns nomes já conhecidos e consumidos por muita gente. Mas e o camu camu, physalis e a spirulina? Estão sendo apontados como importantes aliados para o controle do peso, a melhora da imunidade, a prevenção do envelhecimento precoce e ainda outras melhorias em nossa saúde e beleza. Quer saber mais? Então venha descobrir do que cada um desses superalimentos é capaz.

 

Physalis

Physalis
Physalis é rica em ferro e uma ótima opção de alimento para incluir na dieta vegetariana. Imagem: Shutterstock
  • O que é: também conhecida como Golden Berry, a Physalis é uma fruta alaranjada muito rica em ferro, vitamina A, C, E, e K1, complexo B, além de ser fonte de pectina.

 

  • De onde é: América do Sul, mais especificamente dos Andes Peruanos e Equatorianos.

 

  • Gosto: doce e azedo ao mesmo tempo.

 

  • Principais benefícios: fortalece o sistema imunológico, ajuda a controlar a pressão sanguínea, níveis de glicemia e níveis de colesterol, reduz o cansaço, alivia os sintomas da TPM e melhora o funcionamento do intestino. São tantos benefícios que, no ano passado, a gigante dos alimentos Nestlé anunciou sua participação majoritária na empresa Terrafil, maior compradora mundial de physalis. “É junto com a Nestlé que podemos começar a promover esse produto, que tem enormes propriedades nutricionais e é praticamente desconhecido”, disse Bermeo, CEO da Terrafertil, em entrevista à revista Exame.

 

  • Como ser consumido: in natura, em forma de suco, adicionada à saladas, em iogurtes, em forma de geleia.

 

  • Dica do especialista: Segundo o nutrólogo Dr Alexander Gomes, por conter bastante quantidade de ferro, é uma ótima opção para uma alimentação vegetariana, desde que o cardápio também inclua outras fontes de ferro.

 

Camu camu

camu camu
Camu camu parece uma ameixa, mas seu gosto é bem mais azedo. Imagem: Shutterstock
  • O que é: com o nome científico Myrciaria dubia, Camu Camu é um fruto pequeno e avermelhado. Considerado o fruto com maior quantidade de vitamina C do mundo, contém 100 vezes mais o nutriente do que o limão. Também possui teor elevado de potássio e nutrientes do complexo B.

 

  • De onde é: Amazônia. Cresce em áreas alagadas e na beira de rios e lagos da região brasileira.

 

  • Sabor: super azedo.

 

  • Principais benefícios: fortalece o sistema imunológico, diminui a inflamação no corpo, melhora o humor, ajuda na recuperação muscular, previne o envelhecimento precoce e mantém a saúde do sistema nervoso e dos olhos. De acordo com um estudo realizado no ano passado pela Universidade Laval, do Canadá, a fruta tem efeito anti-obesidade, pois aumenta o metabolismo básico. Além disso, foi descoberto que ela também melhora a tolerância à glicose e a sensibilidade à insulina. A pesquisa da universidade canadense foi realizada com ratos, mas os especialistas estão em busca de saber se funciona da mesma forma no organismo humano. Torcemos para que sim!

 

  • Como ser consumido: Segundo o nutrólogo, a fruta pode ser consumida in natura, embora seu saber seja bastante azedo. Outra opção é consumi-la em pó, para adicionar em vitaminas e combinar com outros alimentos. “Pode colocar no suco verde, misturar com outros vegetais ou até outros superalimentos. Assim, seus efeitos são mais potencializados”, explica.

 

  • Dica do especialista: de acordo com o Dr Alexander, não existe restrição para o seu consumo. “Uma colher de chá diluída em sucos ou água, 3 vezes ao dia” é o que o profissional recomenda.

 

Spirulina

Spirulina
A forma mais comum de consumir a spirulina é em pó ou em cápsulas. Imagem: Shutterstock
  • O que é: biomassa de cianobactérias. É rica principalmente em magnésio, proteínas, ferro, cálcio e vitamina A.

 

  • De onde é: pode ser encontrada na África, Ásia e América do Sul.

 

  • Sabor: a forma mais comum de consumi-la é em pó; não tem sabor.

 

  • Principais benefícios: aumenta a saciedade, melhora o humor e a disposição, desintoxica o organismo, tem propriedades anti-inflamatórias, fortalece a imunidade, ajuda na recuperação muscular, previne o envelhecimento e ajuda no controle da hipertensão. Segundo uma pesquisa do Instituto Neurológico Mediterrâneo, da Itália, publicada na revista científica Hypertension, uma molécula chamada SP6 foi descoberta na Spirulina. Ela reduziu a pressão sanguínea em animais testados e os cientistas que lideram o estudo disseram que a pesquisa pode ser vital para encontrar tratamentos naturais para a pressão alta.

 

  • Como ser consumido: em pó, batida com outros alimentos, ou em cápsulas.

 

  • Dica do especialista: De acordo com Dr Alexander, o ideal é tomar antes das refeições, porque ela faz com que você tenha mais saciedade. “Além disso ela pode melhorar o trânsito intestinal”, diz. Segundo suas indicações, o recomendado é tomar de 3 a 8g por dia.

 

Os superalimentos oferecem inúmeros benefícios a nossa saúde, mas a ideia de que seja algo milagroso não é verdade. O melhor caminho para ter uma alimentação equilibrada e uma saúde poderosa é aliá-los sempre a uma boa dieta e hábitos saudáveis. Physalis, camu camu e spirulina: guarde bem esses nomes para adicionar à sua rotina alimentar e turbinar sua saúde.

 

Link desta matéria: https://mybeauty.ig.com.br/nutricao/2019-01-21/camu-camu-physalis-e-spirulina-superalimentos-2019.html

Deixe seu Comentário

Estudante de jornalismo, 21 anos e apaixonada pelo universo da beleza. Acredito na beleza de inclusão e na capacidade que ela tem de transformar a autoestima das pessoas.